quarta-feira, 25 de novembro de 2015

"FRILDA" by Nayarts

Uma sonora vaia pra quem abadona o blog e some...
Uuuuuuhhhhhhh!!!!!!!!!
"Gentem",ando "mais perdida que cachorro quando cai da mudança",culpa do fim do ano,que se aproxima e é só correria.
Ando ausente,por aqui,mas não menos ativa nas minhas,digamos...
Manualidades!
Mas o que andei aprontando?
Ahhh,entre tantas coisinhas,eis que realizo um projeto antigo:
A minha "FRILDA"!




Pois é,são 90 cm de muita fofura e realização!


Estou longe de ser uma especialista em bonecas de pano,a primeira que fiz foi por volta dos 20/22 anos, lembro que costurei a mão,mas não lembro onde ela foi parar,acho que acabou se perdendo com o tempo,sniff...sniff


Usei algodão cru para fazer minha "muñeca"...


Fiz um molde no tecido e marquei com giz de costura...


Cortei o corpo 2 X,os braços e pernas 4 X ...


Costurei...


Depois as partes,enchi com manta acrílica...


O passo seguinte foi montar o corpo...




Por os braços foi a parte que achei mais difícil,por mais que eu tenha tentado,a costurinha de ambos,ainda ficou à mostra...


Pintei o rosto com tinta de tecido,esse foi meu primeiro esboço de sobrancelhas,notem que depois ainda dei uma "engrossada" nelas...


Com alguns fios do novelo de lã preto,fiz a costura do cabelo...


Voltei para a máquina de costura para fazer  a roupinha dela,"o vestidinho mais amô"...


Usei um retalho de tecido preto que era de uma calça social antiga,que fuen...fuen,fuen,não me serve mais...

Os passos seguintes foi cuidar do penteado,e das bijus,fiz a trança com fitas,as rosinhas de cetim,e usei  miçanguinhas para as bijuterias...


Apesar de ter usado sianinhas e gregas,bordei a mão as florzinhas no vestido dela...


O xale,fiz à partir de um forro de um calção velho do marido,kkkkkkkk usei renda preta nele para dar um acabamento.


O cactos modelei com biscuit,e a terra do vasinho é de argila...

Fiz minha Frilda,por que há muito tempo estava em minha lista de projetos para por em prática,dos  quais vivo babando nos meus livros das "Tildas",e como sonhava em ter uma boneca da minha musa inspiradora,uni o útil ao "agradabilíssimo".


O que eu jamais imaginaria,é que na mesma semana,em que aprontei a minha filha de pano,minha fofura de mãe,dona Teresinha Solane,me presentearia com  uma "Frildinha"que ela comprou na feira de artesanato de um dos nossos mais tradicionais parques de Porto Alegre,o brick da Redenção...

Ahhhhh gente me enchi de muitooooooo amô!!!!

Espero que tenham gostado,juro juradinho,fazer o possível para não sumir de novo,ok!

Milllll besitos;

VIVA LA VIDA!!!!!!
Hasta luego!